Amamentar fortalece a saúde do bebê

Pesquisadores da Universidade de Duke, na Carolina do Norte, descobriram mais uma evidência que explica o benefício do leite materno para o sistema digestivo da criança:

 

  shutterstock

Você já deve ter ouvido falar sobre as vantagens da amamentação para o bebê. E novas pesquisas estão sempre acrescentando mais benefícios para essa lista. Agora foram os pesquisadores da Universidade de Duke, nos Estados Unidos, que descobriram mais um relacionado ao sistema digestivo.

Em laboratório, os cientistas compararam como se reproduz a bactéria E. Coli, que habita naturalmente a flora do intestino humano no leite materno, no leite de vaca e em três fórmulas diferentes, percebeu-se que no primeiro elas se aglomeravam. A vantagem, nesse caso, é que, unidas, tais bactérias formavam uma espécie de barreira no intestino, protegendo o bebê contra infecções e doenças. Já nas fórmulas e no leite de vaca, as bactérias cresceram de forma espalhada.

De acordo com a pediatra Alice Deutsch, do Hospital Albert Einstein (SP), o leite materno tem anticorpos, como a imunoglobulina, que contribuem para o sistema de defesa do bebê. “Além disso, ele causa menos irritação nos órgãos digestivos da criança e facilita a absorção dos nutrientes, já que ele é o alimento mais “natural” para os bebês. 

A verdade é que não há nada tão benéfico para a imunidade do recém-nascido quanto o leite da mãe. Mas se por algum motivo você não conseguir amamentar, calma. Também tem motivos para comemorar com essa descoberta. Segundo Ryan Lee, coautor do estudo, os resultados também são relevantes para o avanço dos produtos de nutrição infantil. Basta que tais conhecimentos sejam adequados à fabricação de fórmulas infantis. “Muitas empresas produzem as fórmulas baseadas na composição do leite bovino, mas ele é diferente do leite humano. Acredito que muitas delas podem tentar incorporar essa capacidade de agregar bactérias em seus produtos”, disse. Para isso, o próximo passo é determinar quais as moléculas envolvidas na formação dessa “película” protetora que existe no leite materno. Vamos ficar na torcida!

Fonte: Crescer

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s